Histórico Voltar para Lista
.

Dos tempos passados da 1ª era um flagelo surgiu durante a guerra entre Deuses e Titãs, os dragões caídos em batalha. Na obstinação de derrotar seus adversários, eles não perceberam sua morte e suas almas acabaram por perpetuar a guerra entre si, e até hoje vagam sem rumo pelos planos Etéreos e Astrais.

De tempos em tempos, quando muitas baixas acontecem em grandes guerras travadas entre mortais, o fluxo de almas para os reinos divinos ou demoníacos atrai um desses dragões para o plano material. O dragão etéreo a princípio não é percebido pelos mortais, permanece invisível aos seus olhos e é capaz de atravessar a matéria. Mas sua presença traz uma aura que causa um desconforto que pode amedrontar ou enfurecer as pessoas.

Podem se passar alguns dias até que o dragão recém liberto perceba o que aconteceu consigo e compreenda que está em uma nova era. A princípio ele sente-se abandonado, morto na guerra, esquecido pelos dois lados. Sua fúria é então redirecionada para todas as criaturas viventes. Se ele não tem mais o direito de viver, os deuses verão que nenhuma de suas criaturas também o terá.  

O Dragão Fantasma não possui corpo físico, mas pode se manifestar para os vivos em uma aparência translúcida, revelando o antigo dragão que ele foi momentos antes de tombar na guerra. Seu espectro transparente lembra um dragão do fogo robusto e selvagem, com muitos cortes e ferimentos por todo o corpo e asas.

Como todo fantasma, ele possui o poder de Possessão, mas pelo seu tamanho, o dragão normalmente não possui um único ser humano por vez, em vez disso, ele usa suas auras mágicas, que funcionam como uma possessão coletiva. Em qualquer momento, o dragão também pode ativar sua aura de medo ou aura de fúria. Estas auras afetam todos que não passarem em um teste de Resistência à Magia com força 25.

A aura de medo diminui a moral de todos num raio de 1 km que falharam no teste, e dá uma penalidade de -5 em todas as ações.

A aura de fúria deixa todos no raio de 1 km que falharam no teste em um estado de frenesi, fazendo com que as pessoas ataquem umas às outras e todas ganham +5 em todas as jogadas de ataque.

O dragão etéreo também possui dois hálitos encantados. O primeiro é um hálito flamejante, que ele consegue materializar no mundo físico apenas uma vez ao dia. O segundo é um hálito etéreo que causa dano apenas na energia heroica das vítimas e pode ser lançado uma vez a cada quadro rodadas.

Em combate só pode ser ferido por magias ou armas mágicas, e todos os seus ferimentos vão para a EH. Quando não possui mais pontos de EH ou alguém consegue expulsá-lo ou bani-lo, ele retorna para o plano de onde veio, e de lá tentará prosseguir com sua pós vida tentando reivindicar seu lugar em algum reino divino ou demoníaco.

Mas se seu orgulho for provocado por algum mortal, este dragão pode usar seu último recurso como vingança suprema. Ele tenta possuir o corpo do vivente, e se este falhar num teste de Resistência à Magia de força 30, terá sua alma despedaçada por não suportar dividir a presença com a poderosa alma do dragão.

Do corpo sem alma, posteriormente abandonado pelo dragão, que não conseguirá controlá-lo por causa das desproporções de sua alma, surge um novo ser: um Desalmado. Que terá a eternidade para procurar pelos restos de sua alma.

Existem locais secretos no mundo habitado por esses dragões míticos. Tais regiões tornam-se desoladas e temidas por todas as criaturas vivas. Habitação de mortos-vivos e outras criaturas malignas que sentem conforto ou poder nas emanações da aura dos Dragões-Fantasmas.

Colégios Necromânticos de toda Tagmar bem como Sacerdotes de Cruine dedicam grandes esforços para caçar e destruir esses monstros perigosos e malignos.

Algumas vezes, estes dragões chegam a engolir as almas destroçadas das suas vítimas. Com o tempo, os desalmados nascidos de tal atrocidade podem aprender ou deduzir que o paradeiro de suas almas é o estômago destas bestas, e então tentarão até mesmo arquitetar aliança com mortais para destruir estas criaturas.

Tipo de Criatura

Mortos-Vivos

Organização e Habitat

Solitário / Arredores de áreas de batalha, de cemitérios e de áreas urbanizadas em geral. Preferência por esconderijos em Campo Branco.

Habilidades / Técnicas de Combate

Usar os Sentidos(32) / Esquiva(30)

Magias e Poderes Especiais

Sempre que quiser: atravessar matéria, ficar invisível/aparecer, causar aura de medo, aura de fúria, possessão (vide texto), Contatos Mentais 9 (efeito dobrado), Pesadelo 8, Telecinese 9 (efeito triplicado). Uma vez por dia: Assombração 10 (efeito dobrado), Controle 9 (efeito quintuplicado), Necroanimação 10. Cinco vezes por dia: Putrefação 9.

Peso/Altura/Comprimento

0 Kg / 5,5 m / 35 m

Atributos

INT(4), AUR(5), CAR(1), FOR(0), FIS(0), AGI(6), PER(4)


NomeEstEFEHDefesaAtaqueLMP100%75%50%25%RFRMMoralVB
Dragão Fantasma 240336L6Hálito Etério303030332619122429650 voando
Hálito Flamejante30303033261912