Ver Discussão (21) Histórico Ver Versão Atual Editar Pesquisar
2.12 Confraria dos Iluminados  

Esta confraria secreta, cuja sede principal está em algum lugar de Lar, agrupa bardos de alta estirpe nobre e grandes comerciantes que compartilham de forma elitista os segredos da confraria. Seus membros se auto-proclamam Os Iluminados, e buscam ocupar cargos estratégicos espalhados por toda a lar, e talvez em outros reinos élficos ou não. Estas posições estratégicas são usadas como meio para elevar a posição econômica e política dos membros da confraria e dela mesma como um todo.

Normalmente, jovens bardos promissores e ambiciosos são observados de forma discreta pelos membros dessa organização secreta, que sondam suas opiniões políticas e suas alianças. Geralmente quando um desses candidatos ocupa um cargo ou posição estratégica são pré-aprovados, mas não é raro que alguns bardos de grande potencial ou mesmo descendentes de outros iluminados sejam indicados por membros antigos. Os pré-aprovados ou indicados pelo conselho são então convocados para a cerimônia de iniciação. Às vezes, a convocação chega a ser brusca, como um rapto; e às vezes, é mais sutil e envolve deixar o jovem bardo dependente de um dos membros da confraria.

Os membros desta confraria não conhecem todos os demais membros, mas possuem uma série de gestuais secretos que usam ao interagir com novas pessoas, para que consigam identificar os irmãos iluminados. Sempre que possível, um iluminado ajuda o outro a alcançar seus objetivos.

Algumas magias desta confraria funcionam discretamente por meio de uma boa oratória e podem causar manipulação mental ou emocional de pessoas, para obter vantagens ou controle; uma em particular faz uso de uma boa entonação de voz, maquiagem e adereços para mudar totalmente a aparência de uma pessoa fazendo-a ficar igual a outra específica ou qualquer mesmo que seja de constituição física, gênero, ou raça diferente da original do bardo. Outras magias funcionam por meio de ritos secretos e são usadas para esconder ou revelar informações em objetos como pergaminhos ou livros. E entre os segredos mais preciosos desta confraria estão o conhecimento de magias perdidas de bardos, assimilação e imitação de magias quaisquer e da adaptação de algumas magias de magos que foram assimiladas ao longo de anos, especialmente envolvendo análise de objetos mágicos, detecção e quebra de magias, encantamento de pergaminhos, livros e objetos de arte, levitar pessoas ou mover objetos com a mente.mente, ou mudar a própria aparência física para que possam se infiltrar em lugares e espioná-los. Assim, alguns iluminados podem passar por magos em algumas situações.

Nenhum membro pode trazer para a confraria um novo aprendiz antes de aprovação pelo conselho, e os que revelam os segredos de sua existência são punidos severamente, até mesmo com a morte.

Diferente dos artistas, que estudam a arte pela arte; dos arautos e dos encantadores, que a estudam para influenciar pessoas de formas diferentes; e dos eruditos, que a usam para entender a sociedade; os iluminados estudam usam a arte como meio secreto de comunicação, como disfarce para seus estudos e ritos secretos, e como maneira de elevação de seus membros.