Hino de Eredra
Discutir Histórico Ver Ultima Mudança Editar Pesquisar
Hino de Eredra

Salve, Salve, ó Eredra
Formosíssimos campos verdes.
Tens coberta de vida esplendorosa
Como é belo o teu céu azul

Não existe terra mais bela
Que se iguale a sua fartura
De Eredra, os campos férteis,
É abençoada pelo deus Servides

Nos teus campos tudo floresce.
No meu coração fica o eterno amor
Murmuro baixinho uma alegre canção
Uma canção de saudade e de amor

Salve, Salve, ó Eredra
Formosíssimos campos verdes.
Tens coberta de vida esplendorosa
Como é belo o teu céu azul

Hei de sempre, Eredra, te amar
Aprendi a cuidar e proteger
Os três rios sagrados pelos deuses
Alegro em ver a vida florescer

Meus ancestrais te souberam amar
Com orgulho, respeito e carinho.
E ao morrer, retornar a terra mãe
Um amor que conservo em mim.

Salve, Salve, ó Eredra
Formosíssimos campos verdes.
Tens coberta de vida esplendorosa
Como é belo o teu céu azul

Verbetes que fazem referência

Hinos-dos-reinos

Verbetes relacionados

Hino de Levânia | Hino de Ludgrim | Hino de Eredra | Hino de Verrogar | Hino de Dantsem | Hino de Marana | Hino de Portis
LGPD (Lei Geral de Proteção a Dados): o site do Tagmar usa a tecnologia de cookies para seu sistema interno de login e para gerar estatísticas de acesso. O Tagmar respeita a privacidade de cada um e nenhuma informação pessoal é armazenada nos cookies. Ao continuar a navegar pelo site você estará concordando com o uso de cookies.