Dádivas da Guerra
Ver Discussão (47) Histórico Ver Ultima Mudança Editar Pesquisar
Dádivas da Guerra

Evocação: Instantânea
Duração: Variável
Alcance: Variável

Este encanto permite que sacerdotes de Blator, Crisagom e Crezir recebam de seus respectivos Deuses dádivas para usar em combate. Nos níveis mais baixos, as dádivas são autorizações temporárias para usar técnicas de combate permitidas apenas a Guerreiros e Ladinos. Nos níveis mais altos, o Deus também concede um auxílio direto ao sacerdote (intervenção divina).

O efeito de utilizar as técnicas de combate pode ser usado normalmente como qualquer milagre. Mas o efeito de intervenção divina somente pode ser evocado em situações críticas de combate, desfavorável ao sacerdote. A ajuda direta do Deus será específica para o momento, não poderá ferir diretamente os adversários, não garante vitória e só pode ser evocada 1 vez por dia (o efeito de usar técnicas de combate pode ser evocadas quantas vezes quiser). O Mestre é quem irá definir como será essa ajuda e se o momento permite a evocação. Assim que a crise terminar, todas as alterações feitas pela magia retrocederão. Exemplos de momentos críticos e assistência divina:

- o sacerdote enfrenta um dragão, evoca a magia, e o Deus concede uma proteção extra na armadura contra fogo;
- o sacerdote enfrenta uma horda de mortos-vivos, evoca a magia, e o Deus concede um dano maior na arma usada contra as criaturas;
- o grupo do sacerdote está encurralado por gigantes e mais gigantes se aproximam pela ponte. Evoca a magia, e o Deus envia um raio para destruir a ponte.

Após evocar três vezes o efeito da intervenção divina, independente do intervalo de dias, será necessário recompensar a assistência (evocar o efeito de usar as técnicas de combate não requer retribuição, é livre, apenas a ajuda direta do Deus que precisa). O Deus mandará um enviado menor até o sacerdote para explicar como será. O Mestre deverá usar esse gancho para uma próxima aventura ou incluir essa história durante a campanha. Caso não faça, o sacerdote fica impossibilitado de usar a magia novamente, inclusive para o efeito das técnicas de combate. Prolongando-se o não pagamento da dívida, o sacerdote pode ser considerado desertor da Ordem e a divindade pode inibir o direito de o sacerdote usar magia. São exemplos de retribuições:

- Fazer a arrecadação e escoltar as doações da Igreja até a Ordem;
- Encontrar o objeto sagrado roubado do templo;
- Encontrar o assassino que está matando os fiéis;
- Mediar a paz junto a algum grupo em conflito com o rebanho, etc.

Enfim, o Mestre deverá usar de criatividade para criar e incluir a aventura. Lembrando que não são tarefas simples: o sacerdote tem que ser merecedor da dádiva divina, logo, a aventura tem que estar à altura.

A partir do nível 6, o evocador escolherá apenas um efeito na hora de lançar a magia.

  • Dádivas da Guerra 1: o sacerdote escolhe apenas uma dessas técnicas para usar: Voz de Comando, Remover Debilitações ou Contra-Ataque. Duração: 4 rodadas.
  • Dádivas da Guerra 2: idem ao anterior mas também pode escolher a técnica Combate com Escudo, Mira ou Golpe Letal.
  • Dádivas da Guerra 4: idem ao anterior, mas a duração é de um combate e também pode escolher Leitura da Batalha, Escolta ou Dano Agravado.
  • Dádivas da Guerra 6: idem ao anterior, mas também o sacerdote pode usar um aprimoramento na técnica escolhida, ou usar um aprimoramento para um técnica que já possua. A partir desse nível, é possível escolher em detrimento as técnicas a intervenção divina: o sacerdote pede ajuda ao Deus, e apenas ele será beneficiado.
  • Dádivas da Guerra 8: idem ao anterior, mas a duração é de 1 hora OU o sacerdote pede ajuda ao Deus que beneficiará ele e um companheiro.
  • Dádivas da Guerra 10: idem ao anterior, mas a duração é de 1 dia OU o sacerdote pede ajuda ao Deus que beneficiará o grupo todo.

Obs. 1: Por se tratar de magia, as restrições de Imperícia e Intermitência não se aplicam. Também não é possível escolher técnicas com aprimoramentos, exceto a partir do sexto nível em diante porque a magia permite.

Obs. 2: O total na técnica de combate será igual a Força de Ataque (FA) da magia.


Listas de magias que fazem refrência

Ordem de Blator (revisão) | Ordem de Crezir (revisão) | Ordem de Crizagom (revisão)
LGPD (Lei Geral de Proteção a Dados): o site do Tagmar usa a tecnologia de cookies para seu sistema interno de login e para gerar estatísticas de acesso. O Tagmar respeita a privacidade de cada um e nenhuma informação pessoal é armazenada nos cookies. Ao continuar a navegar pelo site você estará concordando com o uso de cookies.