Paranoia
Discutir Histórico Ver Ultima Mudança Editar Pesquisar
Paranoia

Paranoia
Evocação: 1 rodada
Alcance: 3 m
Duração: Variável
A paranoia é uma magia que é evocada discretamente, enquanto o bardo fala (ou cochicha) pensamentos paranoicos com sua vítima.
Com esta magia o Trapaceiro coloca uma ideia no fundo da mente de uma pessoa, que vai começar a incomodar, podendo nos efeitos mais fortes deixar esta até louca por causa disto, fazendo ela cometer crimes terríveis e ser mais facilmente manipulada pelo bardo.
Esta é uma magia cujos resultados aparecem à longo prazo, e exige algum planejamento. Seu efeito pode se tornar maior se for reexecutada, alimentando a paranoia através dos dias. O limite de uso desta magia é de uma vez por dia em cada pessoa.

Exemplos de uso:Sua mulher está lhe traindo com seu melhor amigo, com o tempo esta paranoia vai crescendo de forma natural ou a cada vez que o bardo realiza novamente a paranoia, até o ponto em que o alvo mata sua mulher dele e seu melhor amigo. Outro uso clássico é o do bardo que lentamente envenena seu rei para que ele desconfie de todos, até que esteja confiando apenas no bardo.

Se a magia for executada novamente em uma pessoa que já está sobre seu efeito, o tempo de duração vai acumulando.

Paranoia 1 - implanta uma ideia no fundo da mente do alvo, a ideia perdura por até 1 semana. Depois desse tempo, se não for alimentada com fatos ou novas paranoias, é esquecida. Enquanto faz efeito o alvo fica preocupado e atento aos fatos para confirmar a paranoia.
Paranoia 2 - idem anterior, mas a duração é de 15 dias, e o alvo fica bastante preocupado, atrasando suas decisões (-2 na iniciativa).
Paranoia 4 - idem anterior, mas a duração é de 1 mês, e o alvo fica bastante preocupado e desconfiado. As interações sociais do alvo da paranoia com as pessoas envolvidas na mentira implantada sofrem uma penalidade de -4.
Paranoia 6 - idem anterior, o alvo confia bastante no seu informante (o evocador da magia), todas as interações sociais do trapaceiro com a vítima ganham um bônus de +4.
Paranoia 8 - idem anterior, o alvo começa a tomar medidas contra as pessoas envolvidas na mentira implantada, pode afastá-las, prendê-las para averiguação, mandar investigá-las, ignorar seus conselhos, contrariar suas opiniões, etc.
Paranoia 10 - idem anterior, o alvo tem certeza que sua paranoia é verdade, e tomará ações diretamente ofensivas contra as pessoas envolvidas na mentira implantada.

Verbetes que fazem referência

Confraria dos Trapaceiros, Magias Extraoficiais para bardos

Verbetes relacionados

Acorde Hipnótico | Ameaçar | Anúncio | Aposta | Apresentação Hipnótica | Aquecimento | Área de Karma | Ataque Acrobático | Ataque Malabarista | Ataque Preciso | Atordoar | Atuação | Auxílio da Nobreza | Canção da Demência | Canção do Equívoco | Canção do Morcego | Charme | Confundir | Controle da Voz | Cuspir Fogo | Dança de Espadas | Dança Envolvente | Desestabilização Mística | Entourage | Espadas Dançantes | Espírito Artístico | Golpe | Graciosidade | Grito Poderoso | História do Herói | Iludir | Imitação | Manipular Memória | Mantra Protetor | Meditação | Mensagem | Mímica | Palavras de Dor | Paranoia | Pintura Real | Pintura Viva | Poder da Admiração | Poesias | Praga do Riso | Prestidigitação | Prisão de Linhas | Proclamação Solene | Proeza | Reproduzir | Resistir a Pancadas | Serenata | Sopro de Confiança | Trauma | Vício | Retrato do bem | Velocidade do Som
LGPD (Lei Geral de Proteção a Dados): o site do Tagmar usa a tecnologia de cookies para seu sistema interno de login e para gerar estatísticas de acesso. O Tagmar respeita a privacidade de cada um e nenhuma informação pessoal é armazenada nos cookies. Ao continuar a navegar pelo site você estará concordando com o uso de cookies.